Cursos

 
Presenciais

Público-alvo: Este curso destina-se aos profissionais de diversas áreas que desejem desenvolver ou aprimorar a habilidade de administrar conflitos interpessoais no ambiente de trabalho.

Carga Horária: 24 h/a

Apresentação: 

O participante aprende como se comunicar assertivamente e a utilizar ferramentas que subsidiem a mediação de conflitos visando a melhoria da qualidade de vida e dos relacionamentos, promover a melhoria do clima organizacional e consequentemente do desempenho das equipes de trabalho

Método:

O curso Administração de Conflitos prevê discussões de vídeos, exposições dialogadas, jogos, dinâmicas de grupo e simulações de diversos processos relativos à administração de conflitos no âmbito profissional.

Programa:

- Comunicação verbal e não verbal. 
- Mediação de conflitos interpessoais. 

 

Certificação:

O Senac confere o certificado de conclusão do curso.

Sobre o curso:

As organizações atuais exigem dos profissionais o domínio de competências comportamentais, aliadas às aptidões técnicas. Especificamente, as habilidades de negociação são um diferencial no perfil de todos executivos. Neste contexto, o Insper criou o curso Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos, no qual, por meio de conceitos, técnicas e role plays, o participante será capacitado para avaliar e compreender o impacto de suas ações e comportamentos nos resultados obtidos em negociações. Como parte integrante deste processo de aprendizado, os articipantes passam por um assessment de estilos de negociação, sendo o autoconhecimento a base do seu plano de desenvolvimento construído durante o curso. A estrutura e a metodologia utilizada atendem tanto profissionais que atuam em cenários nos quais a competitividade e a obtenção de acordos surgem como fatores críticos de sucesso, quanto àqueles que desejam desenvolver suas habilidades interpessoais e tomadas de decisão. Para ambos, o curso trará como maior benefício ampliação da base de acordos nas negociações com pares, colegas de equipe, fornecedores e clientes. Além disto, o curso é uma excelente oportunidade de troca de experiências entre participantes e professores.


Carga horária: 

30 horas presenciais.


A quem se destina

É dirigido a executivos de todas as áreas da organização, como marketing, vendas, compras, TI, engenharia,

recursos humanos, estratégia e finanças.


Pré-requisitos: 

Formação superior.


Objetivos do curso:

• Analisar cenários e elaborar o planejamento estratégico de um processo de negociação;

• Desenvolver habilidades de negociação para alcançar soluções eficazes e consensuais;

• Gerenciar possíveis divergências ou conflitos inerentes ao processo de negociação estratégica;

• Perceber e aprimorar as habilidades de comunicação e de influência entre os profissionais que compõem o círculo de negociação e seus pares;

• Promover o autoconhecimento por meio de diagnóstico de Estilos Comportamentais de Negociação do participante, a partir da auto e da heteropercepção (Com antecedência mínima de dez dias, o participante receberá um contato telefônico para a obtenção do acesso ao instrumento no qual deverá indicar profissionais com quem negocia em seu dia-a-dia. Durante o curso, o aluno receberá um relatório individual que servirá de guia para o desenvolvimento da competência em negociação);

• Elaborar um projeto aplicativo por meio de situações reais de negociação empresarial.


Descrição dos Módulos


O Cenário da Negociação:

Compreensão dos principais elementos para a leitura do contexto de uma negociação eficaz, bem como o desenvolvimento de mecanismos de conquista de poder e o uso das variáveis cruciais a seu favor.

• Enquadramento da situação da negociação;

• Variáveis cruciais: poder, informação e tempo;

• Cultura;

• Ética e crescimento sustentável.


Estratégia de Negociação:

Desenvolvimento das várias abordagens de negociação, competitiva e/ou colaborativa, e estudo das diversas táticas de negociação a elas associadas.

• Teoria dos Jogos;

• Competição, colaboração, conciliação e acomodação.


Plano de Ação da Negociação:

Apresentação de um Modelo de Negociação com vistas a maximizar os resultados de uma negociação. Compreensão do que funciona e do que não funciona numa negociação.

• Modelo de Harvard;

• Negociações distributivas e integrativas;

• Definição da ZOPA: Zona Possível de Acordo;

• Erros mais comuns em uma negociação.


Estilos Comportamentais de Negociação:

Ampliar o autoconhecimento através do mapeamento dos Estilos Comportamentais de Negociação.

• Aplicação eletrônica do instrumento (trabalho prévio 10 dias antes do início do curso);

• Diagnóstico da auto e heteropercepção, participação do aluno e de cinco profissionais do seu círculo de negociações;

• Devolutiva e relatório individual com gráficos e identificação das áreas de oportunidades e armadilhas pessoais;

• Guia de desenvolvimento para direcionar o foco de aprendizado durante o programa de negociação.


Gestão de Conflitos e Influência:

Reconhecimento da existência do conflito e capacitação em habilidades interpessoais e de comunicação no trato de divergências de expectativas e interesses, que possam abalar a qualidade do relacionamento e comprometer o acordo final.

• Origens do conflito;

• Escalada do conflito e consequências quando não gerenciado;

• Mecanismos de resolução;

• Técnicas de convencimento e persuasão.


Projeto aplicativo:

Por meio de uma situação real de negociação empresarial propiciar a prática e a consolidação dos conceitos e técnicas fornecidas ao longo do programa, fomentando a troca de experiências entre alunos e professores.

• Trabalho realizado em grupo;

• Caso real de negociação no cenário brasileiro;

• Aplicação dos conceitos e técnicas para análise e desenvolvimento da situação;

• Apresentação e debate, em plenário, dos resultados propostos.

 
Online Pagos - EAD

O objetivo deste curso é ensinar a enfrentar uma situação da melhor maneira possível, independente do tipo de conflito. Seus temas estão baseados em definição e processo de conflito.

  • O grupo e suas tensões na relação interpessoal

  • Uma definição de conflito

  • As transições na conceituação de conflito

  • Variáveis que afetam o desenrolar do conflito

  • O processo do conflito

  • Cognição e personalização

  • Comportamento

  • Consequências

  • Aguçar as divergências em conflito

  • O modelo de Stephen Robbins

  • Técnicas de estímulo de conflitos

  • Tipos de poder

  • Elementos presentes na negociação

  • A necessidade de mediação

  • Gestão de conflitos

  • Como conduzir a entrevista: as técnicas envolvidas

  • Conclusão

Ementa:

Neste título o usuário acompanhará as observações de um crítico de culinária referente a um restaurante e sua equipe. Ao longo do treinamento, serão apresentados diferentes tipos de conflitos e soluções para lidar com cada um deles a fim de ilustrar para o treinando como lidar com situações conflituosas estando diretamente envolvido ou sendo conciliador de tais situações.

Baseado no conteúdo da obra “Gestão humanista de pessoas”, de Eugenio Mussak.

Conteúdo programático:

  • O que são conflitos;

  • A importância de identificar os conflitos;

  • Os diferentes tipos de conflitos;

  • Os diferentes tipos de papéis e comportamentos dos gestores em um conflito;

  • As variáveis existentes em um conflito;

  • A condução dos conflitos por meio da gestão de pessoas.

Recursos especiais:

Neste título o usuário conhecerá o que são conflitos, seus variados tipos, a importância de se identificar situações conflituosas, como os gestores e colaboradores devem agir diante de casos assim, bem como as variáveis que interferem no conflito.

  • um conteúdo desenvolvido pelo especialista em Gestão de Pessoas, Eugenio Mussak;

  • estratégia voltada para o contexto corporativo;

  • atividades objetivas focadas em situações específicas.

In this course we will explore how Kierkegaard deals with the problems associated with relativism, the lack of meaning and the undermining of religious faith that are typical of modern life. His penetrating analyses are still highly relevant today and have been seen as insightful for the leading figures of Existentialism, Post-Structuralism and Post-Modernism.


About the Course:

It is often claimed that relativism, subjectivism and nihilism are typically modern philosophical problems that emerge with the breakdown of traditional values, customs and ways of life. The result is the absence of meaning, the lapse of religious faith, and feeling of alienation that is so widespread in modernity.

The Danish thinker Søren Kierkegaard (1813-55) gave one of the most penetrating analyses of this complex phenomenon of modernity. But somewhat surprisingly he seeks insight into it not in any modern thinker but rather in an ancient one, the Greek philosopher Socrates.

Course Syllabus

Part 1:

Kierkegaard on Socratic Irony

Week 1: Course Introduction: The Life and Work of Kierkegaard as a “Socratic Task”

Week 2: Kierkegaard, Martensen and Hegelianism at the University of Copenhagen

Week 3: Kierkegaard’s View of Socrates

Part 2:

Kierkegaard on Romantic Irony

Week 4: Kierkegaard, Heiberg and History

Week 5: Kierkegaard, P.M. Møller and Friedrich von Schlegel

Part 3:     

Kierkegaard’s Socratic Task

Week 6: The Conception of Kierkegaard’s Socratic Task: 1843: The Trip to Berlin and the Beginning of the Authorship

Week 7: Kierkegaard’s Socratic Task: 1844-45: The Development of the Pseudonymous Works

Week 8: Kierkegaard’s Socratic Task: 1846-55: The Second Half of the Authorship and the Attack on the Church

Recommended Background:

No prior knowledge of Kierkegaard is required. The course will be on an advanced undergraduate level, and it will be an advantage for students to have some prior knowledge or idea about the history of philosophy.

For students who wish to dig deeper than what is presented in video-presentations, texts, and assignments there will be supplementary readings for all course modules.