O que são as Trilhas de Aprendizagem na Organização

As trilhas de aprendizagem são uma estratégia pedagógica da ORGANIZAÇÃO, desenvolvidas em parceria com a empresa de consultoria Inteletto (www.inteletto.com), para a promoção do desenvolvimento de competências profissionais, tomando-se como referência não só as expectativas da ORGANIZAÇÃO em termos de competências, mas também as conveniências, necessidades, preferências e aspirações dos próprios empregados.

As trilhas de aprendizagem são consideradas caminhos alternativos e flexíveis para o desenvolvimento pessoal e profissional, devendo ser entendidas como mecanismos plurais de desenvolvimento de competências, que se ajustam às necessidades e aptidões dos próprios usuários. Assim, cada trilha pode conter não apenas cursos formais, mas diversas outras soluções de aprendizagem disponíveis no ambiente social, como, por exemplo, estágios, viagens de estudo, treinamentos online, treinamentos em serviço, cursos externos, palestras e aulas gravadas, reuniões de trabalho, seminários, livros, jornais, revistas, vídeos instrucionais, filmes, publicações formativas, grupos de discussão, sistemas de compartilhamento de conhecimentos, sites na Internet etc.

Premissas do Modelo de Trilhas de Aprendizagem

A Educação Corporativa da ORGANIZAÇÃO, ao adotar o modelo de trilhas de aprendizagem, incorpora as seguintes premissas de desenvolvimento profissional para os seus colaboradores:

  • A construção de uma trilha de aprendizagem é um ato voluntário;

  • A aprendizagem pode ocorrer por vários caminhos e a competência adquirida é mais importante que a forma de aquisição;

  • Cada um constrói a sua trilha, a partir de interesses pessoais, estilos de aprendizagem preferidos, desempenho, formação, experiência e de necessidades organizacionais;

  • Cada trilha é única e depende da trajetória profissional e das aspirações de quem a constrói;

  • As trilhas devem conciliar as necessidades de competências da ORGANIZAÇÃO com os anseios pessoais por desenvolvimento na carreira.

  • Cada trilha contém percursos obrigatórios e alternativos, todos vinculados ao desenvolvimento de competências para o trabalho na ORGANIZAÇÃO, além de uma modalidade de avaliação cognitiva (teste) ou comportamental que lhe dá suporte.

Objetivos do Sistema Trilhas de Aprendizagem

O modelo de trilhas de aprendizagem tem os seguintes objetivos:

  • Oferecer alternativas rápidas e dinâmicas às ações formais, para o desenvolvimento de competências;

  • Permitir, sempre que possível, acesso livre às soluções de aprendizagem identificadas como recursos vinculados às competências universais ou específicas da ORGANIZAÇÃO;

  • Oferecer aos colaboradores uma visão sistêmica da formação profissional;

  • Tornar visíveis as expectativas da ORGANIZAÇÃO em relação aos colaboradores;

  • Favorecer o desenvolvimento integral da pessoa;

  • Estimular o autodesenvolvimento permanente; e

  • Tornar o processo de desenvolvimento profissional aberto ao ambiente social.

Acesso às Trilhas de Aprendizagem

Cada profissional poderá acessar as trilhas a qualquer tempo para o seu desenvolvimento, principalmente para:

  • Reduzir gaps de competência e desempenho;

  • Buscar desempenho superior, alcançando metas estabelecidas;

  • Desenvolver competências universais ou específicas para o trabalho, identificadas na avaliação de competências  e inseridas  no PDCI;

  • Atender anseios de desenvolvimento pessoal e profissional (planejamento da carreira, busca de satisfação profissional, objetivos pessoais etc.);

  • Atender necessidade de adaptação as novas estratégias, projetos, processos e tecnologias da ORGANIZAÇÃO.

Acesso às Soluções de Aprendizagem

O acesso às soluções de aprendizagem disponibilizadas pela ORGANIZAÇÃO nas trilhas de aprendizagem, seguem a seguinte política:

Soluções de aprendizagem abertas a todos, sem controle de acesso:

  • Aquelas que possibilitam acesso e disponibilidade imediatos e são grátis, tais como livros digitalizados à disposição na web e cursos online gratuitos, onde todos podem acessar e se desenvolver.

  • Aquelas que não tem acesso e disponibilidade imediatos, necessitando inscrição e são gratuitas, tais como cursos presenciais ofertados pela ORGANIZAÇÃO e outros parceiros, onde todos podem acessar e cursar, após negociação com o superior imediato.

Soluções de aprendizagem com público-alvo determinado, com acesso controlado:

  • Aquelas que permitem acesso e disponibilidade imediatos e são pagas, com público-alvo determinado e acesso controlado, tais como livros digitalizados  ou cursos on-line pagos;

  • Aquelas que não possibilitam acesso e disponibilidade imediatos, necessitando inscrição e compra da vaga, com público-alvo determinado e acesso controlado, tais como cursos presenciais ofertados por Instituições externas de ensino.

Provas e Teste de Conhecimento: 

Toda trilha pode ofertar um ou mais testes de conhecimento para orientar a navegação e avaliar o desenvolvimento cognitivo dos usuários na sua caminhada rumo à capacitação.  Da mesma forma, as trilhas podem, ainda, conter avaliações comportamentais sempre que a ORGANIZAÇÃO entender indispensável. Tais testes e avaliações disponibilizados não possuem caráter oficial, sendo apenas um insumo de autoavaliação para os colaboradores durante o processo de capacitação.

A ORGANIZAÇÃO poderá,  no futuro, ofertar provas oficiais de conhecimento vinculadas às trilhas ou a um conjunto de trilhas de aprendizagem, certame com datas, regras e objetivos específicos, objetivando, por exemplo,  controlar o acesso ou promoção a funções ou cargos determinados ou, ainda, ao exercício de atividades específicas, sempre que entender necessário.